Sana Inside » '“Os Paralamas do Sucesso vão tocar na capital”'

“Os Paralamas do Sucesso vão tocar na capital”

O porão do Rock , que aconteceu em Brasília nos dias 5 e 6 de julho de 2003 , apresentou várias surpresas aos candangos que foram assistir ao festival. Umas delas foi o Paralamas do Sucesso, que programados para tocar antes da banda Plastika ( DF ), acabaram adiantando sua apresentação. O show da banda estava previsto para às 21h50 do dia 6, mas apesar de terem entrado no palco antes da banda braziliense, os Paralamas começaram o seu show por volta da 00h.


Em meio a tanta confusão de horários, os organizadores não tiveram outra saída : anunciaram no palco a entrada do grupo de forma súbita e surpreendente. Os desavisados que esperavam a principal atração do festival , não tiveram tempo de pensar em nada , correram para conseguir um bom lugar na platéia. A banda não abriu o show com um clássico e sim com uma música chamada  “o calibre”, do álbum Longo Caminho. Herbert Viana um pouco tímido, mas sabendo como agitar a capital, logo percebeu que a platéia esperava que ele cantasse as músicas antigas e assim sendo logo mandou o clássico ” Lanterna dos Afogados”.


Nem precisa dizer que os fãs que há muito tempo não viam a banda em ativa se emocionaram com a perfomance do vocalista e sua banda. Alguns até foram flagrados chorando por conseguirem ver Herbert novamente saudável e lúcido cantando de forma suave e até mais enérgica em Brasília. O surpreendente do show foi a maneira como a banda soube alternar hits melódicos, músicas com toques sutis de reggae e as mais carregadas de rock n roll. Chegando ao final do show sem ter tocado ainda a música mais esperada pelo público, “Vital e sua moto”, o que mais se ouvia entre a platéia eram pessoas gritando: “Não vai tocar Vital? Vital , Vital , Vital!!!”. Assim que finalizou a música que estava tocando, o grupo não deixou por menos , começando a tocar “Vital e sua moto”, ainda dando um toque refinado na introdução da música.


Quando chegou finalmente na parte que todos sabem cantar ( …”Os paralamas do Sucesso vão tocar na capital…” ) o público aplaudiu de forma surpreendente e Herbert não consegui conter a emoção. Após 1 hora de show, a banda se despediu , mas como de praxe o bis foi pedido e os Paralamas voltaram e cantaram músicas como “O beco”. Apesar de estar em uma ocasião favorável para tocar “Luis Inácio(300 picaretas)”, o público pareceu nem sentir falta. Os Paralamas mostraram em Brasília que ainda possui o jeito juvenil mas não menos maduro de dominar uma platéia, sendo a grande diferença entre as bandas jovens que tocaram no festival e eles a sofisticação com a qual o veterano grupo toca o rock que é a fórmula perfeita para atravessar o tempo e conquistar novas gerações.

© 2008 Powered by WordPress